13/02/2020
Escrito por:Juliana Silveira
O Rio não é só praia

Um guia especial para quem busca uma trip diferente pela Cidade Maravilhosa

 

Nem só de lindas praias, mate gelado e Biscoito Globo (leia-se bixcoito ?) se vive em uma viagem pelo Rio de Janeiro. É claro que nós AMAMOS essa combinação super carioca, mas a cidade do Rio vai muito além disso, com diversas opções de passeios culturais, locais históricos, boa gastronomia e trilhas com vistas de tirar o fôlego para incluir no roteiro.

 

Para ajudar você a montar um guia bem variado e digno de ser compartilhado com os amigos para a próxima trip pela Cidade Maravilhosa, fizemos uma seleção de passeios e lugares imperdíveis para curtir por lá!

 

Bora conferir todas as #DicasdoBomde? Vem que vai ser bom!

Partiu explorar a Cidade Maravilhosa além das praias!

 

Para aproveitar ao ar livre

Escadaria Selarón

A escadaria mais colorida e famosa do Rio de Janeiro é disputada, então vale se programar e chegar cedinho por lá para garantir a foto perfeita!

Localizada no bairro Santa Teresa, a escadaria com 215 degraus tornou-se ponto turístico após a reforma feita pelo artista plástico chileno Jorge Celarón, que foi o responsável por toda pintura e arte que é vista por lá por centenas de turistas todos os dias. Em 2005, a Escadaria Selarón foi tombada pela prefeitura, oferecendo ao artista o título de cidadão honorário do Rio de Janeiro.

Onde fica? Rua Joaquim Silva, S/N – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20241-110

 

Parque das Ruínas

Saindo da Escadaria Selarón, basta andar 650 metros e você já estará no Parque das Ruínas. O centro cultural já foi a casa de Laurinda Santos Lobo, personalidade da alta sociedade carioca na época, e hoje é um centro cultural com diversas exposições e apresentações.

O lugar é parada obrigatória para quem busca fugir do habitual e deseja ter uma vista panorâmica para a Baía de Guanabara, Pão de Açúcar, Orla e os Arcos da Lapa. 

Onde fica? Rua Murtinho Nobre, 169 e abre de terça a domingo, das 8h às 18h.

 

Jardim Botânico

Um passeio curtindo tudo o que a natureza tem a oferecer no Jardim Botânico do Rio de Janeiro precisa entrar na sua lista de clássicos para visitar. Considerado o maior e principal parque do Brasil, existe há mais de 200 anos e abriga mais de oito mil tipos de plantas e flores do Brasil e de outras partes do mundo também.

#DicadoBomde: não deixe de fazer uma foto no corredor de palmeiras-imperiais, plantadas a mando de D. Pedro II.

Onde fica?  Rua Jardim Botânico, 1008, Sul 22460-000

 

Parque Lage

Lugar que já se tornou queridinho de muitos que visitam a cidade, o Parque Lage tem entrada gratuita e reúne o melhor da beleza com história em um palacete do século XX, com arquitetura italiana que conta com uma piscina em seu interior e uma vista incrível para o Cristo Redentor. 

Se der vontade de aproveitar ainda mais a linda (e Instagramável) vista do lugar, existe a opção de tomar café por ali mesmo e ficar curtindo o tempo passar, ou se organizar e fazer um piquenique nos jardins. Só cuidado para não ter que dividir a comida com os macacos que vivem por ali. 

Onde fica? Rua Jardim Botânico, 414

 

Arcos da Lapa

Para finalizar o dia, a parada obrigatória é em um dos cartões-postais da cidade, os Arcos da Lapa, localizados na zona central do Rio. O bairro abriga o coração boêmio da cidade, sendo point pra quem busca uma vida noturna agitada, então opções para provar a gastronomia carioca ao som de um bom samba não vão faltar!

Onde fica?  Rua dos Arcos, 24, Centro.

 

Para respirar cultura

 

Museu do Amanhã

Para os viajantes que buscam um passeio cultural no Rio de Janeiro e gostam de tecnologia, o Museu do Amanhã já se tornou uma das atrações mais procuradas, reunindo exposições sobre a trajetória do planeta e explorando as oportunidades e os desafios que a humanidade terá de enfrentar nas próximas décadas.

Além da arquitetura diferenciada, quem visita o local ainda pode desfrutar da linda vista da Baía de Guanabara. Com tantas atividades que impactam pelos detalhes, vale reservar algumas horas do dia para aproveitar cada atividade do museu.

Onde fica? Praça Mauá, 1, Centro | Horário de funcionamento: Terça a Domingo, das 10h às 18h (com a última entrada às 17h)

 

AquaRio

Saindo do Museu do Amanhã, é só dar alguns passo e você chegará ao AquaRio, que ganhou o incrível título de maior aquário da América do Sul. Esse já é mais um motivo para você incluir uma visita à revitalizada zona portuário do Rio no roteiro. São 26 mil m² de área construída, 3 mil criaturas e 4,5 milhões de litros de água. 

#DicadoBomde: garanta o seu ingresso antecipado para evitar filas e não deixe de passar pelo túnel de acrílico, localizado no andar de baixo, que passa por baixo d’água e vai fazer você se sentir dentro do mar.

Onde fica? Praça Muhammad Ali, Gambôa | Horário de funcionamento: Diariamente, das 10h às 18h (com última entrada às 17h)

 

Mural Etnias

Para os apaixonados por arte urbana, o Mural Etnias fica a 10 minutos de caminhada do Museu do Amanhã e podemos adiantar que a visita vai render lindas e coloridas fotos para postar!

O Mural Etnias é um dos maiores murais do mundo e foi feito pelo artista paulistano Kobra, que pintou cinco rostos humanos, cada um representando um indígena de um continente diferente.

 #DicadoBomde: o melhor momento para fotos é na parte da manhã, pois à tarde faz sombra por lá.

Onde fica? Av. Rodrigo Alves, 241 – Gamboa

 

Instituto Moreira Salles

O centro cultural, que leva o nome do seu fundador, apresenta exposições de fotografia, literatura, música e iconografia na sede que já foi residência do falecido banqueiro Walther Moreira Salles e sua família. Com uma programação sempre intensa, em que o próprio Rio de Janeiro com frequência é destaque, é uma ótima opção de passeio para quem busca fugir dos movimentados pontos turísticos.

Onde fica? Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea | Entrada e estacionamento gratuito

 

Real Gabinete Português

Imagine um lugar que encanta em cada detalhe: é bem assim no Real Gabinete Português de Literatura! A biblioteca, que fica no centro da cidade, foi fundada em em 1837, com uma arquitetura belíssima e com um interior que lembra Hogwarts (alô, Potterheads ).

O mais legal é poder conhecer tudo com entrada gratuita!

Onde fica? R. Luís de Camões, 30, Centro

 

Museu Nacional de Belas Artes

Localizado no centro histórico do Rio de Janeiro, o Museu Nacional de Belas Artes abriga mais de 15 mil obras, que representam a mais variada coleção brasileira desde o século 19. Em um espaço de 17.000 m2, o museu traz a história das artes plásticas no Brasil e também oferece oficinas e atividades especiais à comunidade, que podem ser conferidas no site oficial da instituição.

#DicadoBomde: aos domingos a entrada é gratuita 😉

Onde fica? Avenida Rio Branco, 199, Centro | Terça a sexta-feira das 10h às 18h | Sábados, domingos e feriados das 12h às 17h

 

Museu de Arte Moderna

Seguindo o tour pelos museus do Rio, uma caminhada sem pressa pelo Aterro do Flamengo levará você até o Museu de Arte Moderna (MAM). Com uma coleção de mais de 15 mil obras de artistas brasileiros e estrangeiros, conta também com uma biblioteca especializada em artes e uma cinemateca com sessões gratuitas, onde acontecem as mostras mais concorridas da cidade.

Onde fica? Av. Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo 

 

Para curtir uma vista

Rio Star

Para quem ama uma novidade e quer viver experiências diferentes, bem próximo ao Museu do Amanhã e AquaRio fica a recém inaugurada roda-gigante Rio Star com 88 metros de altura, que já ganhou o título de maior da América Latina! Lá de cima a vista é privilegiada, podendo contemplar diversos lugares incríveis do Rio de Janeiro.

Onde fica? Av. Rodrigues Alves, 455. Porto Maravilha | Aberta todos os dias, inclusive nos feriados, das 10h às 18h

 

Pão de Açúcar

Podemos afirmar que o Rio de Janeiro continua lindo e visto de cima fica mais maravilhoso ainda! Um passeio imperdível é se aventurar no clássico Bondinho do Pão de Açúcar, que cruza os dois morros: o da Urca e o Pão de Açúcar.

Vale reservar o horário ao entardecer para fazer o passeio, e então é só curtir cada segundo da paisagem incrível.

Onde fica? Av. Pasteur, 520, Urca, Rio de Janeiro – RJ

 

Mureta da Urca

Depois de se curtir as alturas no Pão de Açúcar, chegou a hora de relaxar na Mureta da Urca, que é conhecida por ter uma das melhores vistas do Rio de Janeiro. Para entrar no clima carioca, não deixe de provar o famoso pastel do Bar Urca, super famoso na cidade.

Onde fica? Av. Portugal, S/N – Urca

 

Pedra do Arpoador

Ver o pôr do sol na Pedra do Arpoador, localizada à esquerda da praia de Ipanema, é daqueles clássicos que nunca saem de moda. Como um lugar na Pedra do Arpoador é bastante disputado ao entardecer, a #DicadoBomde é se programar para chegar no mínimo com 30 minutos de antecedência do horário do pôr do sol.

Onde fica? Av. Francisco Bhering, s/n – Ipanema

 

Vista Chinesa

Para se deslumbrar com uma das vistas mais lindas da cidade, a próxima parada é a Vista Chinesa, um mirante de construção oriental com mais de 100 anos, localizado no Floresta da Tijuca. Chegando lá, é só curtir a visão panorâmica do Cristo Redentor, Pão de Açúcar e do Morro dos Dois Irmãos.

Onde fica? Estrada Dona Castorina, s/n, Floresta da Tijuca

 

Mirante Dona Marta

Se você não tem fobia de altura, vai amar a nossa próxima dica de lugar para ter uma vista IMPRESSIONANTE do Rio: o Mirante Dona Marta, que fica a 360 metros de altitude . O Mirante fica no bairro Cosme Velho, na Estrada das Paineiras, dentro do Parque Nacional da Tijuca.

Onde fica? Estrada  Mirante Dona Marta, S/N – Santa Teresa

Para se aventurar

 

Se você tem espírito aventureiro e ama ter contato com a natureza, precisa incluir no roteiro ao menos uma trilha pelo Rio. Ah, e não esqueça do tênis confortável, água e muito repelente!  Listamos aqui as nossas favoritas para você eleger a sua na próxima trip:

 

Pedra Bonita

A trilha da Pedra bonita fica localizada no Parque Nacional da Floresta da Tijuca e, para chegar ao seu início, é preciso ir até São Conrado e subir a Estrada das Canoas. O tempo estimado de subida é de 25 a 35 minutos e é indicada para iniciantes.

Pedra do Telégrafo

 Essa é a trilha para quem quer fazer a famosa foto pendurado na pedra, que cria uma ilusão de ótica, como se você estivesse se arriscando a cair no precipício. A pedra fica em um mirante localizado em Barra de Guaratiba e não é aconselhado subir sozinho, então o ideal é contratar um tour guiado.

#DicadoBomde: Se você tiver disponibilidade, opte por fazer esse passeio durante a semana, pois a fila para tirar a famosa foto aos finais de semana pode levar até 2 horas.

Parque da Catacumba

 Com uma trilha de 130 metros de subida, que pode ser percorrida por iniciantes em até 30 minutos, essa trilha é considerada uma das mais acessíveis do Rio. A recompensa ao chegar no topo é uma vista privilegiada para a Lagoa, Corcovado e Pedra da Gávea.

Com tantas opções do que fazer no Rio de Janeiro já dá vontade de marcar a próxima trip por lá, né? E para descansar depois dos dias intensos, temos uma dica de hospedagem.

Partiu desbravar o Rio de Janeiro além das praias?!