27/02/2018
Escrito por:Juliana Silveira
São Paulo não é só concreto

10 refúgios para respirar fundo e relaxar na capital paulista

Prédios arranha-céus, dezenas de quilômetros de asfalto e o título de capital mais populosa do Brasil fazem de São Paulo, como outras tantas metrópoles mundo afora, uma grandiosa e cosmopolita selva de pedras. Uma selva que adoramos e aprendemos a amar, claro!

Tem amor em SP, sim! ❤

Engana-se quem acredita que a pulsante e multicultural Terra da Garoa é feita só de muros e concretos. Hey você, São Paulo vai muito além, viu? 🙂

E pra te mostrar aqueles cantinhos cheios de charme (e verde), verdadeiros convites pra gente respirar fundo e curtir no modo relax em meio a tanto agito que estamos aqui.

Quer dicas de espaços bacanas para desacelerar, numa Sampa a céu aberto e com muita natureza? Vem que tem!

SP

Espaços para respirar fundo e renovar as energias em SP

São Paulo vai além dos muros e concretos, quer ver? Preparamos um roteiro bacana para você respirar bem fundo e relaxar ao máximo por lá. Bora? A tour do Bomde já vai começar!

1 – Bem Zen

Belos jardins, obras de arte espalhadas cuidadosamente, árvores em miniatura e um lindo lago de carpas fazem do Pavilhão Japonês, dentro do Parque Ibirapuera, um verdadeiro refúgio de paz. Inspirado nos tradicionais conceitos japoneses, o jardim tem variadas plantas e flores típicas, além de um cantinho exclusivo para a tradicional cerimônia do chá. Já não deu vontade de ir correndo pra lá? ❤

SP

Foto: Marcelo Iha/SPTuris

2 – Mata Atlântica e sossego

Um bosque com 75 mil m² de pura natureza, história e sossego. Assim é a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, antigo lar da família Americano, composta de museu com grande acervo de obras de arte, reunindo peças e documentos ligados à história do Brasil. Além disso, o local tem salão de chá, espaço para concertos, cursos e outras atividades culturais. Tudo isso, em meio à Mata Atlântica, várias espécies de jacarandás, sibipirunas, paus-brasil e pés de café. Ô delícia de lugar!

Foto: Facebook/Fundação Maria Luisa e Oscar Americano

SP

Foto: Facebook/Fundação Maria Luisa e Oscar Americano

SP

Foto: Facebook/Fundação Maria Luisa e Oscar Americano

3 – Arte e contemplação

Mais antigo da cidade, o Parque da Luz, no quintal da Pinacoteca do Estado, é perfeito para dar aquela caminhada e silenciar a mente. Por lá você vai poder apreciar obras de arte, uma bela fonte, espelho d’água, uma gruta com cascata, playground, mirante, coreto e ficar de boas nos bancos espalhados pelo jardim.

SP

Pinacoteca

Quer fazer uma boa leitura ou dar uma alongada? Temos certeza de que você vai adorar. ?

4 – Arquitetura e muita natureza

Voltado à preservação da fauna e flora local, o Parque Burle Marx é um dos mais tranquilos e bonitos recantos verdes de São Paulo. Um conjunto formado por jardins com palmeiras imperiais, espelhos d´água, trilha, um bosque com jabuticabeiras, lago e um lindo gramado, tudo criado pelo famoso arquiteto e paisagista Roberto Burle Marx. Um lugar para ficar relaxando na grama, fazer piquenique e observar o tempo passar sem pressa.

SP

Parque Burle Marx. Foto: Jean Santos em facebook.com/ParqueBurleMarx/

5 – Cultura e História

Um rolê super cultural para fazer numa relax. Onde? No Parque da Independência. O parque é tombado e é um dos marcos históricos do país. Ali, na Colina do Ipiranga, junto ao Riacho do Ipiranga, em 1822, D. Pedro I declarou a independência do Brasil. Tá bom pra você? Para completar, bosques e jardins no estilo francês deixam a paisagem ainda mais bonita. Além de todo o verde, tem um charmoso chafariz com fonte e cascata, o Monumento da Independência e Cripta Imperial , e o Museu Paulista. Um passeio e tanto!

SP

Parque da Independência

6 – Um clássico de SP

Conhecido até por quem nunca visitou a cidade, o Parque Ibirapuera é famoso por ser point de quem curte atividades físicas ao ar livre. Mas esse pequeno tesouro reserva uma área verde bem grande (e incrível) e espaços calmos, perfeitos para fazer leituras ou mesmo só para contemplação. Atividades como caminhadas monitoradas são oferecidas pelo parque. ?

SP

Parque Ibirapuera

7 – Para curtir o pôr do sol

Aos adoradores do sol, um dos lugares mais bacanas para ver o dia virar noite é a na Praça do Pôr do Sol, em Pinheiros. A galera costuma frequentar mais aos finais de semana, então, vale visitar durante a semana para fugir da agitação.

8 – Tesouro no Jardim Europa

Entre os jardins e os cômodos da Fundação Ema Klabin está um belo refúgio entre obras de arte e lindos ambientes mantidos exatamente como sua antiga moradora, Ema Gordon Klabin, deixou. O museu oferece uma programação bem variada, que vai de exposições a apresentações artísticas. Imperdível!

9 – Harmonizando arte e natureza

Um lugar super charmoso, com jardins e um pequeno bosque de eucaliptos, é considerada a primeira obra de arquitetura moderna implantada no Brasil, em 1928.  A Casa Modernista é um museu com um espaço que harmoniza natureza e arte na Vila Mariana. Dá vontade até de morar por lá!

SP

10 – Verde que te quero

O Horto Florestal tem 35 hectares de área prontos para receber seus visitantes. Rico em Mata Atlântica, o parque tem área de lazer com lagos e bicas para quem pretende relaxar. Além da flora abundante, animais como maritacas (parente do papagaio) e capivaras podem ser observados por lá. Natureza que colore e traz paz!

Clique aqui e confira os hotéis recomendados pelo O Bom de Viajar, escolha o seu e reserve aqui mesmo de forma rápida e segura.

Agora é só escolher um dos refúgios de Sampa para renovar as energias em meio à natureza. ?