02/02/2022
Escrito por:Paula Cardoso
Viagens para conferir Fenômenos Naturais

Cinco fenômenos que você tem que conhecer

Poder reservar um tempinho e botar o pé na estrada para conhecer novos lugares, culturas e entrar em contato com a natureza são privilégios incríveis.

Um bom viajante, mesmo que já tenha desbravado bastante esse mundão, sempre fica com aquela sensação de que ainda há muito para se ver. Você já sentiu isso? Se sim, esse é o lugar certo 😉

A natureza é maravilhosa e muito… Surpreendente! Por isso, listamos o que será o auge da sua próxima viagem e, possivelmente, uma das melhores memórias da sua vida: destinos para apreciar os mais lindos Fenômenos Naturais.

Vem conferir essa seleção superespecial!

Você vai jurar que esse fenômeno é pura magia e que te transportaram para algum lugar encantado! Mas fique despreocupado, para nossa sorte, é bem real.

A bioluminescência é uma reação química que ocorre com alguns micro-organismos e resulta na produção e emissão de luz fria por esses seres. Geralmente emitindo tons de verde ou azul, esses milhares de pontinhos brilhantes, encontrados em grande maioria na água, são de tirar o fôlego.

Quer saber como curtir de pertinho essa maré de estrelas? A gente te mostra 3 destinos certeiros!

Flórida – EUA

É em Merritt Island, mais especificamente na famosa reserva natural Merritt Island National Wildlife Refuge, onde acontecem os passeios noturnos de caiaque nas lagoas do Indian River Lagoon, abrigo desse fenômeno incrível.

Emitindo luz toda vez que ocorre agitação na água, a movimentação dos remos são uma inspiração ao longo do caminho. Um passeio que precisa entrar na sua agenda!

Clima: Com aparição favorável em dias quentes, sua apreciação é bastante disputada do início do verão ao início do outono. Dê preferência às noites mais escuras – fases de lua cheia podem atrapalhar a observação.

Período: de junho a início de outubro.

Jamaica – Caribe

Beleza e diversão? O Caribe entrega!

Um nado noturno nunca vai ser tão fantástico quanto na Luminous Lagoon; afinal, nós estamos falando de uma lagoa que brilha! No norte da Jamaica, ela está localizada próxima à cidade de Falmouth.

Na cidade você encontra barcos que fazem passeios animados para a lagoa e permitem um super mergulho que vai despertar todo o encanto bioluminescente a sua volta. É imperdível!

Clima: A alta temporada da ilha é na estação da seca. Além de apresentar temperatura muito agradável, é um período com menor probabilidade de chuva.

Período: de dezembro a abril.

Ilha de Vaadhoo – Maldivas

O arquipélago se tornou o checklist dos sonhos de muitos viajantes, não é pra menos, o lugar realmente impressiona pelos encantos naturais. E, para confirmar seu merecido título de paraíso na terra, é possível conferir um espetáculo bioluminiscente, diretamente da Ilha de Vaadhoo, nas Maldivas.

Tire uma noite (ou todas!) para fazer uma caminhada à beira-mar de Vaadhoo, ver as ondas iluminadas e seu rastro brilhante deixado na areia. É apaixonante!

Clima: O clima predominantemente tropical das ilhas favorece o aparecimento do fenômeno. Dê preferência a época de seca.

Período: de dezembro a abril.

Relaxar em um banho quentinho é bom demais! Se essa água tivesse propriedades que cuidassem da pele então… Seria perfeito, né?! Vem que a natureza faz tudo s2

Nas Fontes Termais, as águas já brotam naturalmente aquecidas. Isso pode acontecer quando a água atinge camadas profundas do subsolo e fica em contato com rochas quentes, caso da geotermia, ou por processos de vulcanismo, quando ocorre o contato com o magma e com rochas aquecidas pela proximidade de vulcões.

Nos dois casos, esses processos enriquecem as águas com sais minerais que apresentam vários benefícios terapêuticos e estéticos. Como não amar?!

Já vai separando a roupa de banho e se liga nesses 3 destinos:

Goiás – Brasil

Estância hidrotermal “Made In Brazil”? Temos! Uma das maiores do mundo 😉

Em Caldas Novas, no estado de Goiás, você pode curtir com o maior conforto esse banho dos deuses. O fenômeno é uma das grandes atrações turísticas e a cidade possui resorts, parques aquáticos e hotéis abastecidos por suas fontes naturais de águas quentes. Difícil vai ser sair dessas piscinas!

Clima: Caldas Novas está pronta para receber você o ano inteiro. Com a temperatura das fontes variando entre 36° a 70°C, visitar a cidade no inverno é uma boa pedida.

Período: de junho a setembro.

 Hidalgo – México

Em meio a cadeias montanhosas lindíssimas, no estado de Hidalgo, você vai encontrar um legítimo paraíso de águas termais: As Grutas de Tolantongo.

O lugar abriga piscinas naturalmente quentes, alinhadas às montanhas, cavernas com nascentes termais, gruta vaporizada, que funciona como sauna natural, entre outras atrações. Um verdadeiro “spa” feito pela natureza!

Clima: Com a temperatura das águas em torno de 38ºC, a visitação pode ser feita durante o ano todo. A alta temporada é no verão mexicano.

Período: de junho a setembro.

Toscana – Itália

Com jacuzzis esculpidas pela natureza, formadas pela ação de cascatas termais, a Cascate del Mulino foi promovida a atração desejo do sul da Toscana.

Localizada em Maremma, próxima a cidade de Saturnia, suas pequenas quedas naturalmente aquecidas e enriquecidas com propriedades benéficas à saúde são um oásis perfeito para o relaxamento. De quebra, sua paisagem impressionante é um bônus muito bem-vindo. Ponto obrigatório em qualquer roteiro!

Clima: Com fontes naturais em uma temperatura de aproximadamente 37,5°C, a visitação cai bem em todas as estações. Mas a alta temporada é no verão da Itália.

Período: de junho a setembro.

Quer ter uma ideia da magnitude da natureza? A dica é assistir ao espetáculo natural de luzes e cores, projetadas no céu, chamado Aurora Boreal.

Esse é um fenômeno óptico, visto em regiões próximas ao polo norte da terra, que ocorre quando ventos solares se chocam com o campo magnético do planeta. Como resultado, é possível observar faixas de luzes coloridas cortando o céu durante a noite, principalmente em áreas sem iluminação. Por isso, para ter uma boa visualização da Aurora Boreal, o ideal é se locomover para lugares afastados de cidades. Caminho que vale a pena percorrer, a visão é surreal de linda!

Para você aproveitar essa experiência emocionante, vamos indicar 3 destinos. Partiu?

Reykjavik – Islândia

Essa dança noturna de luzes coloridas pode ser encontrada por toda Islândia, mas a cidade de Reykjavik é um ponto de partida perfeito devido a estrutura que oferece.

Na cidade você encontra passeios em grupo, que fazem tour à procura da Aurora Boreal, e caçadores profissionais do fenômeno, caso prefira um guia exclusivo. Como a busca é feita em áreas afastadas, a contratação de uma dessas opções é a maneira mais segura de embarcar nessa aventura, embora a caçada possa ser feita de maneira independente, com o aluguel de um carro.

É escolher a melhor alternativa para você, se equipar para enfrentar o frio e curtir cada momento. Vai ser inesquecível!

Clima: O outono e inverno são períodos bastante favoráveis para o aparecimento desse fenômeno. Procure noites mais escuras e céu sem nuvens.

Período: de setembro a abril

Alaska – EUA

O Alaska, além de contar com paisagens e vida selvagem privilegiadas, proporciona esse show de luzes lindamente orquestrado pela mãe natureza. Pisa menooos!!

Na cidade de Fairbanks você vai encontrar toda estrutura necessária para se instalar com conforto e conhecer melhor a cultura local. Para completar essa super experiência, a região é perfeita para apreciação da Aurora Boreal. Através de excursões, guias ou por conta própria, a caçada pelo fenômeno é indispensável.

Clima: O fenômeno pode ocorrer o ano inteiro. Mas cuidado com o inverno, é bastante rigoroso por lá. Prepare-se para o frio e aposte em noites sem lua cheia.

Período: indicado de março a abril e setembro a outubro.

Tromso – Noruega

Se você quer apreciar esse fenômeno natural fantástico e usufruir de ótima infraestrutura, seu desembarque é em Tromso, na Noruega.

A cidade é linda e super famosa pelas aparições da Aurora Boreal. Tromso tem um turismo amplo, envolvendo a caçada das luzes, com passeios que podem ser feitos por terra ou por mar. É só tirar os casacos da mala e optar pela programação que mais combina com seu estilo. A emoção é garantida!

Clima: Escolha ir no outono ou inverno e programe-se para encarar baixas temperaturas. Noites sem nuvens no céu são ideais para a visualização.

Período: de setembro a abril

Uma das ações da natureza mais encantadoras que existem é a transformação da paisagem tradicional de desertos em campos de flores. Essa drástica mudança de cenário é um fenômeno que merece ser visto s2

Tendo como principais características a seca e a pouca vegetação, alguns desertos podem te surpreender, em determinados meses do ano, com uma magnífica floração. Isso ocorre quando nessas regiões, que contam com pouca precipitação, há um significativo aumento de chuvas, que atingem sementes e dão início a germinação. Uma vista que aquece o coração!

E é claro que nós destacamos 2 destinos para você não perder essa. Vem!

Atacama – Chile

A floração no Deserto do Atacama, o mais árido do mundo, não acontece todos os anos. É preciso que tenha ocorrido um volume de chuvas maior que o de costume, para que na primavera uma enorme variação de flores invada o deserto.

A cidade de Copiapó possui a localização perfeita para quem quer contemplar esse fenômeno fascinante. A região está preparada para receber visitantes e é uma ótima base para essa jornada.

Com um grande território florido a se percorrer e desfrutar, uma área imperdível é a do Parque Llanos de Challe. Não deixe de visitá-la quando estiver por lá!

Clima: Na primavera o clima é bastante agradável, mas a temperatura pode cair ao anoitecer. Invista em roupas leves e não esqueça de levar casacos 😉

Período: de setembro a novembro

Namaqualand – África do Sul

Em Namaqualand, localizado na fronteira entre Namíbia e a África do Sul, é possível ver a tão sonhada transformação do território semidesértico em um espetacular jardim de flores. É preciso apenas que a temporada de inverno faça o seu papel, trazendo as chuvas, para a magia acontecer.

A floração acontece anualmente, mas sua intensidade e tempo de duração é determinada pelos níveis de precipitações ocorridas. Ao longo dessa grande extensão florida, você encontra parques nacionais e cidades com opções de hospedagem.

Com uma diversidade enorme de flores e plantas, esse cenário multicolorido acrescenta ao roteiro dos sonhos mais um destino imperdível!

Clima: A temperatura na primavera é bastante confortável, com máximas entre 25°C e 30°C.

Período: de agosto a outubro

Quem nunca desejou que o dia tivesse mais algumas horas? A natureza “ouviu” e nos presenteou com o Sol da Meia-noite.

O fenômeno acontece em determinadas regiões localizadas próximas aos polos terrestres onde, durante o verão, a luz solar se faz presente à meia-noite do horário local. E, em alguns desses lugares, o sol nem chega a ser pôr, iluminando o céu 24h por dia. Isso ocorre devido a uma inclinação do eixo da Terra em relação ao sol durante o período. É muito surpreendente!

Para instigar a vontade de conhecer esse espetáculo, trouxemos 2 destinos extraordinários.

São Petersburgo – Rússia

Aqui as “noites” de verão, que são iluminadas pela luz do sol, te convidam a esquecer o sono e aproveitar as madrugadas claras. São Petersburgo, para a alegria geral, assume o compromisso de receber os visitantes fornecendo entretenimento de qualidade!

A cidade, que possui pontos turísticos belíssimos, promove eventos culturais e artísticos durante essa época do ano, como o Festival das Noites Brancas. Uma celebração maravilhosa.

Clima: Na temporada de verão, o clima é bem gostoso e fica em torno de 20°C. Ótimo para passeios e atividades ao ar livre.

Período: de junho a julho

Yukon – Canadá

O território de Yukon, norte do Canadá, possui beleza natural impressionante e uma ótima infraestrutura. Para arrebatar nossos corações, uma de suas atrações é justamente a atuação prolongada do sol que, no verão, se põe aproximadamente 1h da manhã e retorna pouco tempo depois. Isso que é estrela 😉

A cidade de Whitehorse é uma boa escolha na hora de procurar hospedagem. Com diversas opções de passeios para desbravar a região e a cultura local, os dias estendidos pelo fenômeno são a vantagem que você precisava para desfrutar de tanta coisa boa. Quero!

Clima: Com máximas de aproximadamente 20°C, o verão apresenta uma temperatura bem agradável.

Período: de junho a julho

O viajante que habita em você já anotou os destinos preferidos?

Apostamos que sim! Conta pra gente, vamos adorar saber s2

Até a próxima!