17.01.20 | Escrito por: Juliana Silveira

De Carona com o Bomde – Portugal

Uma viagem inesquecível pelo litoral português a bordo de um motorhome

Imagine uma viagem sem pressa pela costa portuguesa, onde cada dia você acorda em um lugar diferente e um novo cenário paradisíaco se revela. 

 

Uma tour com passeios incríveis, roteiro mais livre, culinária magnífica e paisagens únicas… Tudo isso feito no seu ritmo. Demais, né? 

 

Pegamos carona com a diretora de marketing Patrícia Matzenauer e o seu noivo Adriano Forni (ou com os Ninos, como os amigos e familiares chamam o casal) em uma trip inesquecível de motorhome por Portugal.

 

Teve cenários paradisíacos, dicas pra quem deseja viajar de motorhome e muita inspiração para quem ama uma boa aventura ou um perrengue chique também. 😀 

 

Não vai perder essa eurotrip maravilhosa pela terrinha, né? 

 

 

 

 

Lisboa, Algarve, Óbidos e muito mais.
Uma viagem inesquecível de motorhome por Portugal!

 

 

Vem conferir a linda aventura que é viajar de motorhome por Portugal, um dos lugares da Europa mais preparados para este estilo de viagem.  

 

Prontos? Bora lá que a Pati (já pode chamá-la assim) contou tudinho.

 

 

 

 

E tudo começou… ?

 

Viajamos eu e o meu noivo Adriano. Era minha sexta vez em Portugal como turista, além de já ter morado no país durante 5 meses. O Adriano estava indo pela primeira vez.

 

Aliás, era a nossa primeira viagem mais longa juntos e acabou se tornando ainda mais especial pois ficamos noivos lá. 

 

Fizemos essa trip sem planejar um roteiro muito detalhado. Programamos algumas cidades que gostaríamos de visitar e como tínhamos mais liberdade por não precisar reservar hospedagem, decidimos não ter um roteiro fixo. Porém, não aconteceu conforme tínhamos imaginado. Por se tratar de alta temporada em Portugal, os parques de campismo estavam super cheios e algumas cidades muito movimentadas. Por isso tivemos que mudar bastante nossa rota ao longo da viagem.

 

? Dica da Pati:  a dica é viajar em um período mais tranquilo e já identificar os locais de parada antes.

 

 

 

Quer viajar de motorhome em Portugal? Veja as dicas da Pati 

 

 

 

 

Nós lemos bastante sobre viajar de motorhome e de fato Portugal é um dos países mais preparados para receber este tipo de viajante.



 

 

Porém, não conversamos com ninguém que tivesse se aventurado e estávamos com a ideia que seria uma trip super livre de roteiros e que poderíamos ir parando onde quiséssemos… Mas não foi bem assim.

 

Além de ser altíssima temporada, quando chegamos no Algarve (região no extremo sul do país, conhecido por suas praias paradisíacas do Mediterrâneo e resorts, eleito como melhor destino litorâneo europeu) era feriado em Portugal, Espanha e França. Ou seja, o local estava lotado! 

 

 

 

 

E quanto custa viajar de motorhome em Portugal?  ?

 

A viagem de motorhome é um pouco mais cara do que a tradicional. O custo para 15 dias, para o casal, ficou em torno de 20 mil reais (preço em 2019).

 

 

 

Habemus perrengues de viagem ✔️

 

Aconteceram vários perrengues… Na verdade, muitos!

 

Em função da alta temporada, era impossível se movimentar de carro, imaginem de autocaravana (como chamam motorhome em Portugal). 

 

Além disso, para viajar de motorhome é necessário algumas rotinas específicas como limpar banheiros, descartar resíduos, encher quase diariamente o reservatório de água, carregar energia, entre outras coisas. 

 

 

Então as dicas para quem quer fazer este tipo de viagem são: 

 

✅  Evitar viajar em alta temporada (verão europeu).

 

✅  Defina o roteiro de acordo com a disponibilidade de parques de campismo.

 

✅  Não faça o roteiro baseado nas cidades e praias que você quer parar. Talvez o local não tenha estrutura, então se organize de acordo com as possibilidades de dormir. 

 

✅  Atenção com o horário de funcionamento dos parques de campismo. Alguns parques fecham em torno das 23h, e se chegar após o horário de fechamento, você terá que pernoitar na rua.

 

“Bom humor para passar por perrengues e levar na esportiva”

 

✅ Dependendo do carro (o nosso tinha 7,5 m de comprimento) é preciso ser alguém muito bom de direção, especialmente em Portugal, que tem algumas ruas bem estreitas. 

 

Nós sempre optamos por pegar estradas secundárias e próximas ao litoral, o que nos possibilitou vistas incríveis. Mas muitas vezes as estradas são de chão batido, então exige paciência.

 

 

Seguimos com os cuidados:

 

✅  Atenção aos itens da geladeira. Ela só funciona com o motor ligado ou com o carro ligado na energia. Ou seja, atenção com os alimentos quando parar nas praias ou pernoitar em lugares sem cabo de energia. 

 

✅  Aproveite as vistas incríveis para estacionar e fazer um café da manhã ao ar livre. Em Portugal é permitido estacionar o motorhome em quase todos os lugares. 

 

✅  Não é necessário carteira especial em Portugal para dirigir motorhome. De qualquer forma, vale informe-se sobre as regras atuais e específicas do seu destino quando estiver planejando a viagem.

 

 

 

Desbravando Portugal

 

Conhecemos os seguintes lugares: 

 

 

Visitando Lisboa

 

Lisboa é uma cidade incrível, vibrante, cheia de cultura e história. Desde pontos turísticos mais tradicionais como a Torre de Belém, o Castelo de São Jorge, os bairros Chiado e Alfama até as partes mais novas como o Oceanário de Lisboa e o Parque das Nações

 

Vale muito a pena fazer um passeio de veleiro pelo Tejo e tomar uns drinks em algumas das dezenas de rooftops ou terraços de Portugal, com uma vista maravilhosa. As Docas de Alcântara ficam à beira do Rio Tejo e é uma excelente opção para passear, almoçar e tomar um vinho. Vale também conhecer a LX Factory (o Rio Maravilha que fica dentro da LX Factory) e o Mercado da Ribeira

 

 

+ Dicas de passeios em Lisboa

 

Fizemos um passeio de veleiro em Lisboa pelo Rio Tejo e um passeio de barco na Ponta da Piedade. A dica é pegar os barcos menores (para 4 pessoas), pois eles conseguem entrar nas grutas, que são lindíssimas!

 

 

Cidade de Óbidos

 

Gruta na Ponta da Piedade em Algarve

 

Pôr do sol no rio Tejo em Lisboa

 

 

Viajando pela costa portuguesa

 

Perto de Lisboa ainda é possível visitar as cidades litorâneas de Cascais e Estoril, a 40 minutos de trem da capital. Fomos a Sintra e foi o único local da viagem que não recomendo. A cidade estava cheia, difícil de transitar e as atrações com filas quilométricas. Então se quiser incluir o lugar no roteiro, prefira visitar na baixa temporada. 

 

Viajamos para o Sul em direção a Sesimbra, na Serra da Arrábida, uma cidadezinha à beira do Atlântico, com praias de água muito azul e gelada (assim como todas em Portugal). 

 

 

 

Próximo a Sesimbra fomos à Praia da Ribeira do Cavalo, que é um espetáculo da natureza. Lindíssima!  É possível acessar esta praia por uma trilha (cuidado, a trilha não é tão fácil). Outra alternativa é pegar um táxi aquático saindo de Sesimbra por um custo baixo de ida e volta (vale a pena pagar).




Saindo de Sesimbra fomos por dentro da Serra da Arrábida até Setúbal. O caminho é um espetáculo à parte. 

 

 

?  Atenção a esta dica: curta o caminho e não tenha pressa de chegar! 

 

 

Se você pegar as estradas mais locais (e não as nacionais) vai se deparar com paisagens incríveis em todos os cantos de Portugal. Setúbal em si não é uma cidade muito interessante, mas tem muitas praias próximas lindíssimas como Portinho da Arrábida e Galapinhos. Depois fomos de ferry (uma tipo de embarcação de fundo chato) de Setúbal até Troia. Em alguns pontos, a faixa de terra é tão pequena em Troia que é possível ver de um lado o Estuário do Sado e do outro o Atlântico

 

Ponte 25 de Abril em Lisboa
Setúbal

 

Portinho da Arrábida

Paramos na praia da Comporta que, diferente da maioria das praias em Portugal (que são pequenas e possuem formações rochosas), possui extensa faixa de areia. Muito linda. De lá, passamos pela Costa Vicentina; não paramos por falta de tempo, mas queríamos muito. 

 

No Algarve visitamos apenas a Ponta da Piedade (é muito lindo e tem alguns passeios de barcos que vale muito a pena) e a Praia do Camilo, que é bem pequena e em função do feriado estava lotada. O Algarve é lindíssimo e merece mais dias, mas decidimos mudar o roteiro pelo grande número de pessoas que tinha em função do feriado.

 

 

 

Voltando pelo Norte de Portugal

 

Voltamos em direção ao Norte a caminho de Nazaré, Peniche e Ericeira, que são praias com ondas fortes, conhecidas por quem surfa ou gosta desta vibe. Em especial Ericeira, que é a primeira reserva mundial de surf da Europa e a segunda do mundo (a primeira é o Havaí). As praias não são paradisíacas, mas são bonitas e a atmosfera é incrível. 

 

Bem pertinho dali fomos a Óbidos, que é uma cidade histórica cercada por muralhas, super fofa e que não entram carros. É possível conhecer tudo em cerca de 2 horas, ou um pouco mais, se quiser parar para tomar um vinho ou almoçar. De Óbidos vem as ginjinhas ou ginja, licor de cereja local mais famoso da Europa. Essas cidades todas ficam ao Norte de Lisboa, em direção ao Porto. Não visitamos o Porto nesta viagem, mas eu já estive lá e super recomendo também. 

 

 

 

 

Gastronomia portuguesa

 

 

A culinária de Portugal é maravilhosa. Em todos os lugares que paramos a comida era fresca e saborosa. Nossa preferência foi sempre por lugares que tivessem vista para o mar. Em Lisboa, vale almoçar em algum restaurante da LX Factory, do Mercado da Ribeira (também conhecido como time out marketing), das Docas de Alcântara. O pastel de nata da Manteigaria é imperdível.

 

No país, em geral, se come muito bacalhau de todos os tipos (posta, desfiado, pastel de bacalhau, que é um bolinho). Outros pratos típicos são o bitoque (tipo a nossa À La Minuta), arroz de pato e bochecha de porco preto. Os doces são uma atração à parte. Prove vários!

 



 

Dicas extras para viajar para Portugal 

 

? Como chegar: existem voos diretos para Portugal em várias capitais brasileiras. O ideal é evitar voos que façam escala mais ao Norte da Europa para quem o tempo de viagem seja menor, pois leva mais tempo.

 

? Portugal não exige vacina, nem visto de entrada. Você só vai precisar do passaporte comum.

 

? E para quem tiver curiosidade sobre o que mais curtimos na viagem, aí vai:

 

As paisagens nas estradas menores, a serra da Arrábida, o passeio de vela no Tejo, o passeio de barco na Ponta da Piedade, o almoço nas Docas de Alcântara, a praia da Foz do Lizandro e a caminhada pelo bairro de Alfama em Lisboa são só algumas das nossas lindas lembranças.

 

 

 

E aí, curtiram essa viagem dos sonhos? 

 

Inspiração para pegar a estrada não falta.

 

Bora! ✈️