27/12/2018
Escrito por:Juliana Silveira
O que fazer em Natal

Dicas de ouro para curtir um dos destinos mais incríveis do Nordeste

Praias de areia branquinha, águas azuis e transparentes, sol e calor o ano todo… Achou que a gente tava falando do Caribe? Que nada! Essas belezas naturais estão bem aqui, no nosso Brasil. 🙂

Natal, a capital do Rio Grande do Norte, é um prato cheio para quem ama praia, boa gastronomia e aventura. Quer descobrir o que fazer em Natal? Então bora!

Banner - O que fazer em Natal

Um roteiro com dicas valiosas para aproveitar o melhor da capital potiguar

Principais passeios em Natal

Quem visita Natal não pode deixar de organizar o roteiro para fazer alguns passeios clássicos que a cidade oferece. Eles deixam a experiência muito mais completa e permitem que você conheça vários lugares incríveis na cidade e pertinho dela.

Se você está viajando sozinho para Natal ou viajando em família, os passeios também são muito bem-vindos, já que garantem diversão para todos os estilos de viajantes. Bom demais!

Praia da Ponta Negra e Morro do Careca: a principal praia de Natal é um dos melhores lugares para se hospedar e iniciar os passeios pela cidade. Além da ótima localização, a praia é ótima para banho, para curtir os vários quiosques e apreciar a vista. É na praia de Ponta Negra que você avisa o Morro do Careca, principal cartão-postal de Natal. Antigamente, as pessoas desciam o morro fazendo “skibunda”, mas por motivos de preservação ambiental a prática foi proibida. Apesar disso, a paisagem compensa e garante fotos lindas. 😉 De lá também é possível alugar um passeio de lancha para dar a volta no Morro do Careca, chegando até a Praia de Cotovelo.

Praia de Ponta Negra por @adrianatorresmachado

Praia de Ponta Negra por @adrianatorresmachado

Praias do centro de Natal: existem três praias que você pode incluir no seu roteiro, também próximas à Ponta Negra. São elas: Praia do Forte (onde está localizado o Forte dos Reis Magos, marco da fundação de Natal), Praia dos Artistas (conhecida pelo fato de que vários artistas costumavam frequentá-la e se hospedar por lá) e Praia do Meio (que tem esse nome por ficar, literalmente, entre as outras duas). Se você estiver por lá, não deixe de dar um pulo na feirinha de artesanato local, onde é possível comprar itens feitos à mão e produtos potiguares (como castanhas, bolo de rolo, mel e outras especiarias).

Praia do Forte por @rayannadaantas

Praia do Forte por @rayannadaantas

Praia dos Artistas por @official_de_medeiros_santos

Praia do Meio por @jany_bernardo

Praia do Meio por @jany_bernardo

Passeio de catamarã pelo rio Potengi: e já que falamos no Forte dos Reis Magos, uma outra forma de avistá-lo é no passeio de catamarã pelo rio Potengi. É possível fazer o passeio pela manhã ou no período da tarde (que conta com uma vista linda do pôr do sol, recomendamos!). Para mais informações, é só dar uma espiadinha aqui.

Parrachos de Maracajaú: a cerca de 54 km de Natal estão as piscinas naturais de Maracajaú, conhecidas como parrachos. A vida marinha por lá é diversa e o visual é de cair o queixo. Fazer snorkeling em Maracajaú é uma parada obrigatória no seu roteiro! Se você tiver um espírito mais aventureiro e explorador, também é possível contratar mergulho com cilindro.

Parrachos de Maracajaú por @mytrips_mydreams

Parrachos de Maracajaú por @mytrips_mydreams

Passeio de buggy: uma das atrações mais famosas de Natal é o passeio de buggy (ou bugue) pelas dunas de Genipabu. O passeio dura algumas horas e passa por diversas dunas e praias. Há paradas no incrível Aquário de Natal (vale a visita!), paradas para skibunda e também para passeio com dromedários. O passeio de buggy em si costuma ser oferecido de duas formas: com e sem emoção. Já deu pra imaginar que a adrenalina pode ir nas alturas, né?

#DicaDoBomde: caso você esteja somente com mais um(a) acompanhante, vale a pena verificar com as agências de turismo se é possível dividir o passeio com mais duas pessoas. Assim, o valor total é rachado entre quatro (capacidade máxima do buggy), em vez de dois.

Passeio de buggy. Foto por marazulreceptivo.com.br

Praia da Pipa: super famosa e badalada, Pipa é uma praia localizada em Tibau do Sul, a cerca de 1h de Natal. O ideal meeesmo é dar uma esticadinha na trip pra conhecer o destino com mais calma, mas se você estiver com o roteiro mais apertado, vale a pena fazer um bate-volta. As falésias ao redor da praia tornam Pipa charmosa e fotogênica, e há também praias ao redor que encantam os turistas (como a Baía dos Golfinhos, a Praia do Amor e a Praia do Madeiro). É possível ir pra Pipa contratando um passeio de buggy e parando no caminho, é bem bacana.

Um dos maiores cajueiros do mundo: em Pirangi do Norte (na rota que vai de Natal até Pipa) está localizado aquele que já foi considerado o maior cajueiro e árvore frutífera do mundo! Por uma anomalia genética, os galhos deste cajueiro vão formando raízes quando tocam o chão. É incrível e gigantesco! A árvore produz frutos de novembro a janeiro, então se você estiver por lá durante essa época pode aproveitar para colher (ou pedir para algum funcionário colher pra você) alguns cajus gratuitamente.

Cajueiro. Foto por marazulreceptivo.com.br


+ Rio Grande do Norte

Roteiro: 13 melhores praias do Rio Grande do Norte

Roteiro Praia da Pipa e São Miguel do Gostoso

As deliciosas criações do Restaurante Yuru

Dicas para curtir o melhor de Natal

Onde se hospedar em Natal


Onde comer em Natal

Você sabia que o termo “potiguar”, que designa quem nasceu no Rio Grande do Norte, significa “comedor de camarão”? Pois é! Então já dá pra imaginar que frutos do mar são o carro-chefe de Natal – e valem a pena!

Restaurante Miramar: uma opção bem clássica e próxima de Natal, oferece inúmeras delícias da culinária nordestina (como camarão, moqueca, peixes diversos, etc.). O buffet é self-service e tem duas opções: livre e servindo-se somente uma vez.

Restaurante Miramar. Foto: miramarrestaurante.com.br

Restaurante Camarões: nome mais típico impossível, né? Ambiente bonito, gastronomia de qualidade e muita variedade você encontra por lá. Como é bastante famoso, a dica é ligar antes para reservar.

Restaurante Nau: mais uma opção pra quem quer saborear as delícias nordestinas. O Nau tem ambiente moderno, refinado e descolado e os pratos são bem servidos. É uma opção para aquele jantar mais “chique” e especial, sabe?

Restaurante Nau. Foto: site.naufrutosdomar.com.br/

Restaurante Mangai Natal: opção com buffet tipicamente regional, abre para almoço e jantar. O local tem decoração temática e uma grande variedade de pratos deliciosos.

Restaurante Mangai. Foto: mangai.com.br

Casa de Taipa Tapiocaria: ir ao nordeste e não comer tapioca é quase um crime! Considerada a melhor tapiocaria da cidade, a Casa de Taipa é rústica e aconchegante, além de trazer um cardápio variado com tapiocas doces e salgadas.

Casa de Taipa. Foto: facebook.com/pg/CasaDeTaipaTapiocariaECuscuzeria

Restaurante Tábua de Carne: o nome já anuncia o foco do restaurante, que são carnes de primeira, com muito sabor e qualidade. A carne de sol, especificamente, é muito elogiada.

Barraca do Caranguejo: localizada na praia de Ponta Negra, é uma ótima opção pra quem quer passar o dia na praia. Existem muitos pratos à base de camarões na barra (apesar do nome) que você deve experimentar!

Sal e Brasa: que tal um churrasco? Em Natal também tem! A Sal e Brasa é uma churrascaria bastante apreciada com valor atrativo. Além das ótimas carnes, tem também gastronomia japonesa na estação oriental do restaurante.

Passeios culturais em Natal

Sim, Natal tem praias lindas das quais você não vai querer sair. Mas se você não perde a chance de fazer um rolê cultural, a cidade também tem ótimas opções.

Memorial Câmara Cascudo: esse ponto turístico de Natal homenageia o mais aclamado antropólogo, historiador e folclorista do Rio Grande do Norte, Luiz da Câmara Cascudo. O espaço existe desde 1875 (na época, era a Tesouraria da Fazenda) e tem em seu acervo 15 mil volumes, que incluem biografia, história, correspondência de Cascudo e muito mais.

Memorial Câmara Cascudo por @rnecotur

Memorial Câmara Cascudo por @rnecotur

Forte dos Reis Magos: este prédio militar tem grande valor histórico para Natal, sendo o marco inicial da fundação da cidade (em 1599). Além dos aspectos arquitetônicos e dos itens militares (como canhões originais), a vista para o rio Potengi é incrível. Vale a visita!

Forte dos Reis Magos por @diferenciadopasseio

Forte dos Reis Magos por @diferenciadopasseio

Parque Estadual Dunas de Natal: o parque é uma reserva de Mata Atlântica com 1.172 hectares, cujo foco é a preservação e educação ambiental. Não faltam coisas bacanas pra se fazer por lá: há diversas trilhas, centro de visitantes (com lanchonetes, auditórios, exposições e muito mais), parque infantil, oficina de preservação ambiental… É um passeio imperdível que valoriza a natureza e a educação ambiental.

Parque Estadual Dunas de Natal por @indo.viajar

Parque Estadual Dunas de Natal por @indo.viajar

Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte: ou, simplesmente, Parque da Cidade é um parque urbano da capital potiguar. Com 64 hectares, o parque (projetado por Oscar Niemeyer, Anna Maria Niemeyer e Jair Valera) é uma boa opção na capital para aproveitar um dia de sol e apreciar o verde da paisagem. 🙂 Há trilhas, espaços para descanso, auditório, centro de educação ambiental e muito mais.

Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte por @rodrigobarretojp

Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte por @rodrigobarretojp

Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão: com objetivo de preservar a cultura potiguar, o museu tem em seu acervo aproximadamente 1.500 peças, produzidas por cerca de 400 artistas populares.

Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão. Foto: overmundo.com.br

Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão. Foto: overmundo.com.br

Ponte Newton Navarro: a ponte tinha o objetivo inicial de unir os bairros da zona norte com os da zona leste de Natal, mas acabou virando ponto turístico devido ao seu tamanho e imponência. Hoje é um marco da paisagem de Natal, com seu projeto de iluminação e 1,8 km de extensão.

Ponte Newton Navarro. Foto: Wikipedia

Ponte Newton Navarro. Foto: Wikipedia

Arena das Dunas: palco de quatro jogos de futebol do mundial da Fifa em 2014, a Arena das Dunas hoje é um estádio multiuso. Em 2016, foi considerada a melhor arena do país, tendo sido projetada para receber não apenas jogos de futebol, mas também shows e eventos.

Arena das Dunas. Foto: arenadunas.com.br

Arena das Dunas. Foto: arenadunas.com.br

Já estamos apaixonados pela capital potiguar!
E você, ficou com vontade de arrumar as malas e curtir o turismo em Natal? Temos certeza de que você não vai se arrepender. ?

Clique aqui e confira os hotéis recomendados pelo O Bom de Viajar, escolha o seu e reserve aqui mesmo de forma rápida e segura.

Viva o Nordeste!