14/09/2017
Escrito por:Juliana Silveira
Itaguaí na rota da aventura do Rio

Conteúdo atualizado em 30 de janeiro de 2020.

 

Montanhismo, trekking, corridas, rapel, voos livres, tudo isso e mais um pouco em meio à natureza selvagem e quase intocada.

 

Mata Atlântica e belezas naturais que já deram a Itaguaí, cidade da Região Metropolitana do Rio Janeiro, a honra de estar entre um dos 10 melhores destinos do mundo para viajar.

 

Um dos destinos favoritos dos esportistas fãs de adrenalina, Itaguaí tem de sobra tudo aquilo o que um bom aventureiro busca: natureza exuberante e pouco explorada.

 

Então partiu desbravar esse pequeno paraíso brasileiro, pertinho do Rio e [ainda] pouco conhecido.

 

Bora, gente!

 

 

 

Montanhas, cachoeiras, mata fechada e muita natureza na rota da adrenalina em Itaguaí, no Rio de Janeiro

 

 

 

Itaguaí tem o cenário perfeito para quem curte esportes de aventura em meio à natureza: florestas, ilhas quase desertas, praias tranquilas, cachoeiras, vales e montanhas. Um pequeno paraíso, bem pertinho da capital fluminense, e que oferece as melhores condições para quem busca doses de adrenalina com paisagens de tirar o fôlego – sem medo de ser feliz.

 

Cidade integrante da Costa Verde, a região entrou em 2015 para o seleto ranking dos 10 melhores lugares do planeta para viajar (prêmio da britânica Lonely Planet, maior editora de guias de viagem do mundo) por suas belezas e natureza praticamente inalterada.

 

Partiu Itaguaí! Dona de serra e mar, todo mundo tem o que fazer por lá.

 

 

✈️ Voo livre na Serra do Matoso 

 

A Serra do Matoso é o ponto de encontro da galera do voo livre. Com clima favorável e boa infra para os voos, Matoso é um local bem conhecido dos pilotos locais e da região.

 

São duas rampas naturais para a prática de Parapente e uma artificial (feita de concreto) para Asa-delta, todas elas forradas com carpete. Outras vantagens são os poucos obstáculos durante o percurso e a vasta área para os pousos.

 

@brunovoolivre

 

@larissamoy

 

Uma nova modalidade tem atraído mais apaixonados pelas alturas à Serra do Matoso, o Parabase: é um salto de Base Jump a partir de um voo de Parapente. Fortes emoções no ar e muita adrenalina! \o/

 

Ótimas condições para quem curte esportes e vista de tirar o fôlego.

 

 

? Como chegar: passando a entrada de Itaguaí, 2 km após a Polícia Rodoviária Federal, entrar à direita na estrada com indicação para o Sítio Jonosake. Siga a estrada até o asfalto acabar. Em seguida terá um área conhecida como ponto de encontro dos voadores. Dali, a rampa fica a 17 km com fácil acesso de carro. Para quem nunca foi, a dica é entrar em contato com alguma empresa de voo livre da região para orientações.  

 

 

 

? Trekking na Rota da Independência até o Mirante do Imperador

 

Trekking, corrida ou mesmo um passeio histórico são as algumas das possibilidades para quem for visitar o Mirante do Imperador, na Rota da Independência de Itaguaí.

 

São 628 metros de altitude, com muitos atrativos naturais até o mirante – formação rochosa que surge da Serra da Calçada – e com vistas incríveis das serras e do mar que acompanham os aventureiros.

 

Mirante do Imperador por @castanho17

 

 

 

O caminho do grito da independência

 

Para chegar lá, o caminho passa pela antiga estrada com calçamento original em pedra de mão construída há mais de 300 anos e que está praticamente intacta. Foi por ela que D. Pedro I passou quando viajava a São Paulo e deu o famoso grito da independência, lá em 1822.

 

O Mirante também é uma boa alternativa para quem curte Rapel. E para os pilotos de voo livre, tem pista no Clube do Cavalo, próximo ao local.

 

Preparem-se para muita aventura!

 

@itpa.org

@patsaraiva

 

 

? Como chegar: a trilha começa na Serra da Calçada, no bairro Santa Sofia, interior de Itaguaí. Verifique o trajeto  a partir da sua localização.

 

 

 

?️ Cachoeiras e trilha no Vale do Mazomba

 

O Vale do Mazomba fica no Parque Estadual Cunhambebe (que abrange as cidades de Itaguaí, Mangaratiba, Angra dos Reis e Rio Claro).

 

Rota dos trilheiros de plantão, uma boa caminhada, subindo a Serra do Mar, será recompensada pelas lindas cachoeiras de Itimirim e Itinguçú, com grandes quedas d’água. Outras cachoeiras estão ao longo do caminho. A Cachoeira do Bicão tem acesso pela rodovia Rio-Santos e vale a visita.

 

Ecoturismo, a gente vê por aqui!

 

 

Cachoeira Itimirim por @marielegomes

Cachoeira Itimirim por @graca.b

 

 

Cachoeira Itinguçú por @suethrj

Cachoeira do Bicão por @mazza_claudio

 

 

? Como chegar: o endereço do Parque Estadual Cunhambebe (onde fica o Vale do Mazomba) é Estrada da Cachoeira s/nº – Rodovia Rio-Santos – Km 423.

 

 

 

 

 

 

? Praias e Ilhas da Costa Verde

 

 

Coroa Grande: é uma das praias preferidas dos turistas durante o verão. Com apenas 4 km de extensão e estreita faixa de areia, tá valendo andar de bike, praticar esportes aquáticos ou ficar de boa na cadeira de praia, só relaxando. Localizado na zona litorânea de Itaguaí, você verifique no mapa como chegar a partir da sua localização.

Ilha da Madeira: perdeu o status de ilha desde que foi aterrada e ganhou ligação com o continente. Mesmo assim, é um belo local para quem curte tranquilidade e águas calmas. Uma lindeza! A ilha fica aproximadamente a 1h30 minutos do RJ, com acesso pelo porto de Sepetiba. Você pode ir de carro ou também de ônibus que deixam bem em frente ao porto.

 

 

Ilha de Itacuruçá e Ilha dos Martins: um belo arquipélago da Baía de Sepetiba onde você pode pegar um barco, tipo escuna, e visitar as ilhas. A Ilha de Itacuruçá é dividida entre os municípios de Mangaratiba e Itaguaí. Lá tem praias incríveis e trilhas super legais pra você se aventurar. Para conhecer, algumas empresas locais oferecem passeios. Não deixe a Ilha dos Martins passar despercebida, apesar de ser bem menor, ela também é muito interessante. Para visitar a ilha é preciso pegar um barco na Ilha da Madeira, próximo ao porto da Baía de Sepetiba.

 

Praia de Quatiquara: tem barcos em Itaguaí e Itacuruçá que fazem o transporte de turistas para a ilha de Quatiquara, que já pertence ao município de Mangaratiba (cidade vizinha). Super conservada, tem mar tranquilo, águas transparentes e um cenário bucólico cheio de belezas. Ótimo para repor as energias.

 

 

Facebook: Coroa Grande RJ

 

Praia de Quatiquara por @caroline_nuve

Ilha de Itacuruçá por @glendafreitasf

 

Ilha da Madeira por @wallaceludwig

 

 

Acha que acabou por aqui? Tem mais, viu!

 

Quer dar um rolê pelas ilhas da Baía de Sepetiba? Você pode pegar um barco, tipo escuna, e visitar as belas ilhas do arquipélago entre Itaguaí e Mangaratiba. Mergulhos, trilhas e mais praias pra completar o seu passeio.

 

 

 

 

? Serra do Piloto em Mangaratiba

 

Mangaratiba é a cidade vizinha a Itaguaí (mais ou menos 30 minutos de carro). É lá onde fica a rampa da Serra do Piloto, frequentada pelos praticantes de Parapente. Mais uma opção para os voadores com outras belezas naturais para explorar entre cachoeiras, montanhas, florestas e mirante.

 

 

@casalmultistrada

 

 

 

+ Itaguaí

 

Igreja de Nossa Senhora da Aparecida: entre os passeios históricos da rota da Estrada Real, se ainda tiver fôlego, vale conhecer a Igreja de Nossa Senhora da Aparecida, que fica no entroncamento das estradas do Cacau e dos Caçadores. O prédio do século XVIII está em excelente estado de conservação e ainda guarda as características da arquitetura original.

 

Casa de Cultura de Itaguaí: antigamente uma estação de trem, atualmente o local abriga salas de exposições e a Biblioteca Pública Municipal Machado de Assis, com um acervo de 200 livros doados por D. Pedro II. Endereço: Av. Pref. Ismael Cavalcanti, S/N – Centro, Itaguaí – RJ

 

@rafachlum

 

@oliagatha

 

 

Templo Hoshoji: é o único templo budista do Rio de Janeiro e o sétimo templo a ser construído no Brasil. O templo fica em Seropédica, cidade ao lado de Itaguaí.

 

@macedoliu

 

@tomokazuimamura

 

 

Costa Verde: a cidade faz parte da região da Costa Verde, que também inclui os municípios de Mangaratiba, Paraty, Rio Claro e Angra dos Reis. Pura beleza natural!

 

Para comer em Itaguaí: Churrascaria Dom Zelittu’s, Boteco do Manolo, Restaurante Carne De Sol e as muitas opções do Shopping Pátio Mix Costa Verde. Dá para aproveitar e fazer umas comprinhas ou até pegar um cineminha.

 

Tirolesa e Arvorismo: na região, muitos sítios oferecem serviços de lazer em meio à natureza.  A #DicaDoBomde é conferir as opções do Sítio Jonosake

 

 

 

 

Onde ficar em Itaguaí

 

E depois de um dia de aventura pela Costa Verde, nada melhor do que ter um hotel cheio de conforto esperando pela gente, né? O Tulip Inn Itaguaí vai te receber muito bem. 

 

E pra ficar na boa, aproveita para garantir a hospedagem no hotel. Pertinho de tudo, você vai poder descansar e aproveitar todo o conforto e comodidade após suas aventuras.

 

 

 

 

 

Bora pegar a estrada e desbravar Itaguaí!

 

Um pequeno paraíso que merece entrar na sua lista de viagens com emoção.